Educação na contemporaneidade

Os estudos e discussões filosóficas sobre educação apontam, como já apresentado no “post” anterior, que o professor é o mediador do conhecimento, não o detentor. Segundo nos apresenta Viviane Mosé, é a relação de autoridade que dificulta o processo de aprendizagem, já que o professor, quando acredita que vai apenas ensinar, acaba por atrapalhar o caminho que leva o aprendiz ao saber.

E, qual o papel da escola neste momento de tanto desenvolvimento tecnológico? A escola precisa aprender! Precisa se reestruturar. Se possível, inclusive, reformular sua estrutura arquitetônica!

Segue palestra de Viviane Mosé no Café filosófico:

Mariana Tambara

Sobre dotamanhodeumbotao

Mariana Tambara. Professora, pedagoga, esposa, mãe, mulher... nesta ordem e em outras também, com vontade de pensar, falar, discutir, entender, questionar, criticar educação. Convido todos os visitantes a fazer o mesmo. Vamos?
Esse post foi publicado em Educação, Entrevistas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s